Lula visitará El Salvador, Guatemala e Costa Rica na próxima semana

Brasília, 28 mai (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assistirá na próxima segunda-feira à posse do novo chefe de Estado de El Salvador, Mauricio Funes, e depois fará visitas a Guatemala e Costa Rica, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Na segunda-feira, durante os atos de posse do novo líder salvadorenho, "é provável" que Lula tenha reuniões bilaterais com os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e do Paraguai, Fernando Lugo, mas nenhuma delas foi confirmada ainda, disse o porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach.

O porta-voz disse que Lula pretende reiterar a Funes sua oferta de aprofundar a cooperação bilateral nas áreas de energia, segurança alimentar e combate à aids, assim como avançar nos projetos para o desenvolvimento de etanol de cana-de-açúcar, com a tecnologia utilizada pelo Brasil.

Após assistir à posse de Funes, Lula partirá para a Guatemala, onde na própria segunda-feira será recebido com um jantar pelo presidente guatemalteco, Álvaro Colom.

Na terça-feira, o presidente brasileiro se reunirá com o prefeito de Cidade da Guatemala, Álvaro Arzú, e depois terá uma nova reunião com Colom, na qual será discutido o interesse dessa nação centro-americana nos programas sociais desenvolvidos pelo Governo do Brasil.

Além disso, será analisado o início de programas para a produção de etanol de cana-de-açúcar na Guatemala, nos quais o Brasil e os Estados Unidos se comprometeram a cooperar de forma conjunta.

Outro assunto na agenda será a possível participação da Petrobras em projetos de prospecção de petróleo e gás em águas profundas guatemaltecas.

Após o encontro com Colom, Lula seguirá rumo à Costa Rica, onde na quarta-feira de manhã será recebido pelo presidente Oscar Arias, no início da primeira visita oficial de um líder brasileiro a esse país.

Baumbach disse que a Costa Rica deverá assumir em julho a Presidência rotativa do Sistema de Integração Centro-Americano (Sica), por isso um dos interesses de Lula nessa visita será dar "um novo impulso" às negociações para um acordo comercial entre esse bloco e o Mercosul.

Os dois blocos estudam desde 2004 a possibilidade de conseguir um acordo comercial, mas as negociações não avançaram, apesar das mútuas e reiteradas manifestações de vontade política.

No entanto, em reuniões mantidas à margem da Cúpula da América Latina e do Caribe realizada em dezembro do ano passado no Brasil, os presidentes dos países do Sica e do Mercosul decidiram retomar essas negociações a partir deste ano.

Além dessa aproximação entre o Sica e o Mercosul, Baumbach disse que Lula pretende revisar com Arias a agenda bilateral, que também está centrada na produção de etanol, assim como negociar a participação de empresas brasileiras na construção de obras de infraestrutura na Costa Rica.

A escala em San José será a última da visita à América Central de Lula, que deve retornar a Brasília na quarta-feira à tarde. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG