O presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajará à Bolívia no dia 18 de julho para anunciar a liberação de uma verba de 230 milhões de dólares para a construção de uma estrada.

A rodovia unirá duas regiões do norte da Bolívia, na fronteira com o Brasil, à capital La Paz.

A verba liberada pelo Brasil permitirá a construção dos trechos Rurrenabaque-Riberalta (508 km) e de metade do chamado 'Corredor do Norte', que inclui os trechos Riberalta-El Choro (75 km), El-Choro-Australia (168 km), Australia-Santa Rosa (169 km) e Santa Rosa-Albuquerque (96 km).

O Corredor do Norte liga os departamentos de Beni e Pando à região de La Paz.

rb/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.