Lula usa slogan de Obama para defender Rio-2016

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva parafraseou o presidente americano, Barack Obama, ao dizer, nesta quinta-feira em Copenhague, que o Rio de Janeiro tem condições de competir com igualdade contra as demais candidatas a sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Nós queremos olhar para o mundo e dizer: Sim, nós podemos, disse Lula em uma entrevista coletiva à imprensa internacional, usando o mesmo slogan da campanha presidencial de Obama em 2008.

BBC Brasil |

Obama irá a Copenhague para promover Chicago na briga pelas Olimpíadas de 2016.

"Isso dito da boca de um americano é muito bonito. Mas no Brasil nós estamos habituados a dizer: 'Nós não podemos, somos pobres, somos cidadãos inferiores'", brincou Lula.

"O projeto do Brasil é um projeto de superação. E ninguém apresentou um projeto com a magnitude, a qualidade e a consistência que nós apresentamos."
Derrota
Lula afirmou ainda que não pensa na hipótese de uma derrota do Rio na votação do Comitê Olímpico Internacional (COI), marcada para a sexta-feira.

"É a primeira vez que estamos aqui em uma disputa em que todos nós queremos ser o pai da criança, e queremos ser a própria criança", disse.

"Não vai pesar na minha cabeça um sentimento de injustiça se algum delegado não votar no Rio. Afinal, eu sou amante da democracia e acho que as pessoas têm o direito de gostar ou não de nós."
Lula não comentou se o Brasil voltaria a apresentar uma candidatura para 2020, caso o Rio não seja eleito para sediar os Jogos de 2016.

Chicago, Madri e Tóquio são as outras cidades que disputam a Olimpíada de 2016.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG