para Fidel com herói da Guerra do Vietnã - Mundo - iG" /

Lula tira foto para Fidel com herói da Guerra do Vietnã

Em um momento de fã, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou sua passagem por Hanói nesta quinta-feira para visitar o mais icônico militar vietcongue, o general reformado Vo Nguyen Giap - que comandou tropas do Vietnã do Norte contra a França, antiga potência colonial do país, e contra os Estados Unidos na Guerra do Vietnã, que terminou em 1975. Na casa do ex-general, em meio a imagens de líderes da esquerda mundial - incluindo um quadro retratando o presidente de Cuba, Fidel Castro, e uma foto em que aparece o presidente venezuelano, Hugo Chávez -, Lula agradeceu Vo Nguyen Giap, de 98 anos, por inspirar jovens de ideologia revolucionária nos anos 1960.

BBC Brasil |

O presidente também pediu para tirar fotos com o general, incluindo uma que prometeu entregar ao líder cubano, Fidel Castro.

"Quero levar essa foto aqui para dar para ele. Ele está com um probleminha de saúde", disse, referindo-se ao tratamento que impediu Fidel de terminar seu último mandato como presidente e o fez abrir mão do poder.

América Latina
"Não é pouca coisa, para um povo, vencer no mesmo século franceses e americanos", disse Lula a Vo Nguyen Giap, falando por meio de um intérprete, mas de mãos dadas com o general.

"A vitória de vocês e o orgulho de vocês é quase um patrimônio da humanidade. Tenha certeza de que, no mundo inteiro, muitos, mas muitos jovens naquela época ficaram felizes pela vitória do Vietnã."
Lula evocou a memória do sucesso dos soldados do país asiático para elogiar o que, mais cedo, chamou de "orgulho" de um povo "que soube defender sua soberania e sua independência".

Respondendo a Vo Nguyen Giap, que descreveu o Brasil como "um país escravo que conquistou sua independência, encontrou o caminho do progresso e hoje é um grande país na América Latina", Lula disse que todo o continente "mudou muito daqueles tempos para cá".

"Tem muita gente boa sendo eleita na América Latina. Todos os países estão indo muito bem em sua economia", relatou o presidente, sem citar nomes.

"Eu penso que os países pobres do mundo aprenderam a se defender."
Dilma
Depois, Lula brincou com sua comitiva e pediu a Vo Nguyen Giap "um favor" - que tirasse uma foto ao lado da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

"Aquela moça que o senhor está vendo é minha ministra. Na sua época, ela foi militante de esquerda, ficou três anos e meio na cadeia, e tem pelo senhor uma verdadeira admiração", apresentou.

"Seria importante que o senhor permitisse que ela tirasse uma foto ao seu lado."
A visita de Estado de Lula foi a primeira de um presidente brasileiro ao Vietnã. De Hanói, ele segue para Dili, capital do Timor Leste, e encerra o giro do sudeste asiático com uma passada por Jacarta, capital da Indonésia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG