Lula repousa no interior de SP e fará check-up em breve

São Paulo, 28 jan (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje ao seu apartamento em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, onde repousará até ser submetido nos próximos dias a um check up completo, após a crise de hipertensão que o impediu viajar ontem à noite à Suíça.

EFE |

"O Lula vai fazer um check-up nem que seja amarrado pela orelha", disse aos jornalistas o cardiologista Roberto Kalil Filho, que o aguardava no aeroporto Congonhas de São Paulo, onde o presidente desembarcou de Recife, depois de passar à noite hospitalizado.

Lula desceu caminhando do avião para encontrar-se com o médico.

Após um rápido exame no terminal aeroportuário, Kalil Filho afirmou que Lula "está cansado", mas que sua saúde é invejável e recomendou repouso na sua casa, onde familiares, apoiadores e uma grande quantidade de jornalistas o esperavam.

Lula recebeu alta médica depois de passar a noite em um hospital em Recife, onde foi internado de emergência ao ter uma crise de hipertensão.

"Foi feita uma avaliação clínica em Recife e os médicos resolveram dispensá-lo (do hospital) porque estava bem", apontou o cardiologista.

No ano passado, Lula não fez o seu check-up de costume completo no Hospital Sírio Libanês de São Paulo.

Após receber alta do Hospital Português de Recife, Lula embarcou imediatamente para São Paulo e cancelou os compromissos oficiais previstos até domingo.

A crise de hipertensão do chefe de Estado o obrigou a cancelar a viagem a Davos, onde receberia a distinção como "Estadista global", prêmio que receberá em seu nome o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, no Fórum Econômico de Davos, disse à agência Efe na Suíça o porta-voz do Fórum, Fon Mathuros.

Lula sentiu-se mal no início da madrugada dentro do avião quando seguia para Davos.

Segundo seu médico particular Cléber Ferreira, que o acompanha nas viagens, o governante de 64 anos chegou a ter a pressão arterial em 18-12, e após passar por diversos exames os médicos acharam melhor pernoitar no hospital.

Ferreira esclareceu que se trata de um fato esporádico, porque Lula não é hipertenso e que a causa da crise é o estresse e o cansaço.

Fontes da Presidência comentaram que Lula já dava mostras de cansaço e indisposição durante um jantar oferecido pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Meios locais detalharam que durante um ato público em Recife de inauguração de um centro médico, Lula brincou que não se sentia bem, mas não queria ser o primeiro paciente. EFE wgm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG