Lula recebe ministro de Assuntos Exteriores da Espanha

Brasília, 29 abr (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve se reunir hoje com o ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, que visitou ainda Haiti, Peru e Argentina em sua viagem pela América Latina.

EFE |

Moratinos, que chegou nesta segunda-feira a Brasília procedente de Buenos Aires, fechará sua viagem pela América Latina com um breve encontro com Lula no Palácio do Planalto, com o qual pretendem destacar o bom momento das relações entre os dois países.

Brasil e Espanha assinaram um plano de associação estratégica em 2005 que lhes transformou em parceiros preferenciais, o que ficou destacado na visita de Lula a Madri em setembro do ano passado.

Naquela ocasião, o presidente convidou as empresas espanholas a aproveitar as novas oportunidades de negócio geradas pelo Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), que prevê investimentos de cerca de US$ 250 bilhões até 2010, sobretudo em infra-estruturas.

Para impulsionar esta nova onda de investimentos, o ministro espanhol participará de um almoço com alguns diretores das companhias da Espanha com presença no Brasil, entre elas Telefónica, Gas Natural, Repsol-YPF, Endesa, Abengoa e Mapfre.

O Brasil é, atrás apenas da Argentina, o segundo país com mais investimentos da Espanha, com um número de negócios que gera cerca de US$ 34 bilhões.

A Espanha considera que o Brasil tem perspectivas de crescimento notáveis e condições adequadas par dar segurança às companhias estrangeiras.

Após sua reunião com os empresários, Moratinos terá um encontro com seu colega brasileiro, Celso Amorim, com quem repassará assuntos de interesse regional, como a cúpula entre a União Européia (UE) e a América Latina e o Caribe, que será realizada em Lima, nos dias 16 e 17 de maio.

No plano bilateral, avaliarão como desenvolver na prática as medidas estipuladas para facilitar o controle de fronteiras para cidadãos dos dois países na reunião mantida por ambos os Governos em Madri no dia 1º de abril.

A crise surgiu após as queixas do Brasil perante o elevado número de brasileiros que tiveram sua entrada recusada no aeroporto de Madrid-Barajas.

A agenda de Moratinos inclui também um encontro com representantes da Câmara dos Deputados e do Senado.

Moratinos deixará hoje Brasília para voltar a Madri, após ter visitado Porto Príncipe, Lima e Buenos Aires. EFE cpg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG