Lula quer ouvir ministros da Defesa da Unasul sobre acordo entre Colômbia e EUA

SÃO PAULO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que a União de Nações Sul-americanas (Unasul) convidará os ministros de Defesa da região a opinar sobre o acordo militar que a Colômbia negocia com os Estados Unidos.

Redação com EFE |

AP
Lula fala com Bachelet durante coletiva em São Paulo

Lula fala com Bachelet durante coletiva em São Paulo

Segundo Lula, o objetivo é fazer com que os ministros do Conselho de Defesa sul-americano "informem sobre o problema que poderia trazer uma base americana na Colômbia".

As declarações foram feitas em São Paulo, em coletiva de imprensa ao lado da presidente chilena, Michelle Bachelet. Ambos expressaram preocupação com a possibilidade de que os EUA possam usar as bases militares colombianas de Apiay, Palanquero e Malambo, na Colômbia, mas reiteraram seu respeito aos assuntos internos de outros países.

"A soberania é intocável e não me agrada nada uma base americana na região, mas assim como não quero que Uribe se intrometa em meu governo, prefiro não dar opiniões nas decisões dele", afirmou Lula, ao ser questionado sobre o tema.

Bachelet disse compartilhar "completamente" a posição de Lula sobre a não interferência em assuntos internos de outros Estados. Ela afirmou, ainda, esperar que o acordo não afete o resto da região.

"Respeitamos a soberania internacional e as decisões de cada país, mas na reunião (de Quito) vamos ver como essas decisões afetam o resto dos países, que estam inquietos", explicou.

O acordo militar negociado entre Colômbia e EUA, negociado pelo governo do presidente colombiano, Álvaro Uribe, foi duramente criticado pelo chefe de Estado venezuelano, Hugo Chávez. Segundo ele, Washington quer que a Colômbia "seja o Israel da América Latina".

A reunião da Unasul acontecerá em Quito em 10 de agosto próximo e, nela, o Chile entregará ao Equador a Presidência do órgão.

Leia também:


Leia mais sobre Colômbia

    Leia tudo sobre: bacheletcolômbialula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG