Lula pede a governo de fato de Honduras solução negociada e democrática

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta terça-feira aos governantes de fato de Honduras que aceitem uma solução negociada e democrática que permita o retorno de Manuel Zelaya ao poder.

AFP |

"O que deveria acontecer normalmente é que os golpistas deveriam dar espaço a quem tem o direito de estar neste lugar, que é o presidente democraticamente eleito pelo povo", afirmou Lula em entrevista coletiva.

Lula fez ainda uma advertência ao governo de fato, exigindo que respeite a imunidade da embaixada.

"Nós esperamos que os golpistas não entrem na embaixada brasileira", enfatizou.

O presidente afirmou em Nova York, onde está para participar na Assembleia Geral da ONU, que conversou por telefone com Zelaya, que está refugiado desde segunda-feira na embaixada do Brasil em Tegucigalpa.

ltl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG