O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta terça-feira ao ministro argentino da Saúde que dê garantias sobre a segurança ante a gripe suína aos jogadores do Cruzeiro, que na quarta-feira enfrentarão o Estudiantes na partida de ida da final da Copa Libertadores da América.

Lula, que visita a França, manifestou preocupação pela incidência da doença na Argentina, onde até o momento foram confirmadas 60 mortes, o que faz do país o terceiro na lista de mortes provocadas pelo vírus A(H1N1).

Os jogadores do Cruzeiro expressaram o temor de jogar na Argentina contra o Estudiantes de La Plata pelo temor de infecção e manifestaram o sentimento à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para que a entidade comunicasse o problema à Conmebol.

"O ministro argentino da Saúde deve dar garantias de que se pode jogar em Buenos Aires ou em outra cidade argentina. O Cruzeiro tem razão em estar preocupado com a saúde de seus jogadores", afirmou Lula.

O primeiro jogo da final da Libertadores será disputado quarta-feira na Argentina e a partida de volta acontecerá em Belo Horizonte no dia 15 de julho.

pi/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.