Lula expressa solidariedade a Sarkozy em apelo por liberdade de Betancourt

Brasília, 1º abr (EFE) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou hoje sua solidariedade irrestrita para com seu colega francês, Nicolas Sarkozy, em seu apelo pela liberdade da ex-candidata presidencial franco-colombiana Ingrid Betancourt. Lula, em nota divulgada nesta terça-feira pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, afirmou que tomou conhecimento do pronunciamento de Sarkozy, que pede a libertação imediata da política, seqüestrada desde fevereiro de 2002 pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O presidente brasileiro manifesta sua solidariedade irrestrita para com o apelo do presidente Sarkozy, na convicção de que é urgente salvar todos aqueles que se encontram em situação de risco extremo de vida, segundo a nota. O texto acrescentou que Lula conversou hoje por telefone com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, para tratar sobre a reunião de chefes de Estado da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), prevista para ter ocorrido na semana passada em Cartagena, na Colômbia, mas que acabou sendo adiada. Na conversa, Lula expressou a Uribe seu desejo de conseguir, o mais breve prazo possível, uma solução humanitária que permita a rápida libertação dos reféns em poder do grupo armado. Segunda-feira, em uma visita de poucas horas ao Brasil, onde se reuniu com membros do Partido Verde (PV) e concedeu algumas entrevistas, o marido de Ingrid Betancourt, Juan Carlos Lecompte, pediu uma participação mais efe...

EFE |

EFE wgm/plc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG