Brasília, 6 abr (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou hoje sua dor e a solidariedade do Governo perante o terremoto ocorrido na Itália, que, segundo números oficiais, deixou pelo menos 150 mortos.

Em mensagens enviadas ao presidente da Itália, Giorgio Napolitano, e ao primeiro-ministro Silvio Berlusconi, Lula manifestou suas "mais sentidas condolências ao povo italiano, e principalmente às famílias das vítimas, pelas dolorosas perdas humanas devidas ao terremoto na região de Abruzzo", centro do país.

O terremoto foi registrado de madrugada e, segundo Berlusconi, pelo menos 150 pessoas morreram e 1.500 mil ficaram feridas. EFE ed/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.