Lula encerrará 1º Fórum de Competitividade das Américas fora dos EUA

Santiago do Chile, 14 set (EFE).- O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, encerrará no final deste mês, em Santiago do Chile, o III Fórum de Competitividade das Américas, uma plataforma de discussão que, pela primeira vez, se reúne fora dos Estados Unidos, informou hoje uma fonte oficial.

EFE |

O encontro, que acontecerá de 27 a 29 de setembro e que será inaugurado pela presidente do Chile, Michelle Bachelet, contará também com a participação do presidente da Guatemala, Álvaro Colom, e 20 ministros de Economia e de Comércio do continente.

No total, mais de 600 delegados dos 34 países da região se reunirão, entre autoridades políticas, empresários e especialistas de alto nível, que debaterão em assembléias plenárias, mesas-redondas e encontros bilaterais sobre como aumentar a competitividade no atual contexto de crise econômica.

"O grande interesse do Chile para que o Brasil participasse gerou o compromisso político do presidente Lula" de ir à reunião, explicou em entrevista coletiva o ministro de Economia chileno, Hugo Lavados.

Além de Lula, a delegação brasileira contará com a ministra da Casa Civil, Dilma Rouseff, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, e o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli.

Em sua primeira visita oficial à América Latina, o secretário do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, Gary Locke, também estará presente.

"Abordaremos problemas específicos e urgentes que freiam nossa competitividade. Assuntos como o acesso ao financiamento, a qualidade de nossa infraestrutura, o acesso a energias limpas e de baixo custo, além do desafio de combinar crescimento econômico e proteção do meio ambiente, entre outros", afirmou Lavados.

A reunião em Santiago também contará com a presença do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e da secretária-executiva da Comissão Econômica Para a América Latina e o Caribe (Cepal), Alicia Bárcena. EFE mf/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG