Lula elogia vontade de integração demonstrada em cúpulas na Bahia

Rio de Janeiro, 22 dez (EFE) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou hoje a vontade de integração demonstrada pelos países que participaram na semana passada no Brasil da 1ª Cúpula da América Latina e do Caribe, e disse que a união permitirá que a região deixe de ser dependente. O mais importante é que vieram todos os que foram convidados. Numa demonstração de que, nessa crise econômica, as pessoas perceberam que nós não podemos ficar dependendo de um ou de outro. Ou seja, nós temos que depender do conjunto de países. E temos que fazer relações com todos, disse Lula no programa Café com o Presidente.

EFE |

A 1ª Cúpula da América Latina e do Caribe, realizada em Costa do Sauípe na terça e quarta-feira passadas, reuniu os chefes de Estado ou seus representantes de 33 países da região.

"Temos que diversificar a nossa relação o máximo possível, para que a gente não fique dependente", acrescentou Lula.

De acordo com o presidente, o encontro foi o primeiro em que todos os países da América Latina e do Caribe discutiram os problemas sem terem sido convocados por uma nação de fora da região.

"Nós precisamos nos aproximar mais. Nós precisamos discutir melhor as oportunidades existentes entre os países. Nós precisamos formular estratégias políticas comuns, estratégias de desenvolvimento, estratégias de comércio exterior", afirmou.

"E nós temos que executar ao máximo as possibilidades de complementaridade que nós temos", acrescentou. EFE cm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG