Lula e Sarkozy determinados a esclarecer tragédia do voo 447

Os presidentes brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e francês, Nicolas Sarkozy, se declararam nesta segunda-feira determinados a manter sua estreita cooperação para esclarecer o que aconteceu com o voo AF 447, que caiu no mar com 228 pessoas a bordo.

AFP |

Os dois governantes almoçaram juntos em Genebra, onde participam da minicúpula da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que discute a crise econômica.

Durante o encontro, Lula e Sarkozy "concordaram em manter ativa a cooperação para esclarecer o ocorrido", indicou à imprensa a presidência francesa.

Além disso, ambos se declararam determinados a "oferecer aos familiares das vítimas as explicações e a assistência necessárias", acrescentou a mesma fonte.

Em uma entrevista coletiva, Lula disse que "o mais importante agora é encontrar as caixas-pretas para determinar o que aconteceu".

O submarino nuclear francês "Emeraude" começou a patrulhar a área onde o avião provavelmente caiu, onde tentará, com seus sonares ultrasensíveis, captar os sinais emitidos pelas caixas-pretas.

npk/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG