Lula e Morales assinam acordos de cooperação na Bolívia

Villa Tunari (Bolívia), 22 ago (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou hoje na Bolívia acordos de cooperação com seu colega boliviano, Evo Morales, para financiar a construção de uma estrada, a pesquisa sobre o potencial do lítio boliviano e a criação de um centro de formação profissional.

EFE |

Os presidentes, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e o chanceler boliviano, David Choquehuanca, assinaram os convênios na cidade de Villa Tunari, na região de Chapare, o reduto sindical dos produtores de coca que apoiam Morales.

Lula e Morales assinaram um acordo para que o Brasil financie a construção de uma estrada de 306 quilômetros entre Villa Tunari e San Ignácio de Moxos, o que facilitará o transporte da produção agropecuária do centro da Bolívia às rotas de exportação.

Com um empréstimo de US$ 332 milhões, o Brasil financiará a maior parte das obras da via, cujo custo total será de US$ 415 milhões.

Ela será construída pela brasileira OAS.

Os dois Governos também assinaram acordos para a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico do Salar de Uyuni onde, segundo o Governo boliviano, se encontra a metade da reserva mundial de lítio, o metal usado na fabricação de diversos tipos de baterias.

Além disso, assinaram um acordo de cooperação em Defesa Civil e assistência humanitária e o Brasil se comprometeu a instalar na Bolívia um centro de formação profissional para jovens.

Antes da assinatura dos convênios, Lula e Morales fizeram uma reunião privada sobre a qual ainda não há informações. Segundo a agenda, os dois chefes de Estado falariam no encontro sobre as relações energéticas e a luta contra o tráfico de drogas. EFE sam-ja/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG