Assunção, 19 jul (EFE).- A 37ª Reunião Ordinária do Conselho Mercado Comum (CMC) e da Cúpula de Presidentes do Mercosul e Estados Associados, que será realizada nos próximos dias 23 e 24 no Paraguai, contará com a participação de oito líderes, entre eles Luiz Inácio Lula da Silva.

Além do presidente Lula, a Chancelaria do Paraguai, país que exerce a Presidência semestral do Mercosul, informou que participarão na série de reuniões a presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e o chefe de Estado do Uruguai, Tabaré Vázquez.

Também estarão presentes, como representantes de países associados, os líderes da Bolívia, Evo Morales, do Equador, Rafael Correa, e do Chile, Michelle Bachelet.

Está confirmada ainda a presença do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, cujo país espera aprovação nos Parlamentos de Brasil e Paraguai para a adesão plena no bloco regional.

O líderes de Peru, Alan García, e Colômbia, Álvaro Uribe, enviarão representantes de seus Governos, informou a Chancelaria paraguaia, que disse ainda que não foi feito um convite ao presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya.

No entanto, o Mercosul deve incluir na declaração conjunta dos presidentes o apoio a Zelaya, deposto em um golpe de Estado em 28 de junho.

A Cúpula do Mercosul, que terá como anfitrião o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, acontecerá no Museu e Centro de Convenções da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), na cidade de Luque, divisória com Assunção. EFE rg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.