Lula e Lugo concluem reunião sem resolver questão de Itaipu

Brasília, 7 mai (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governante do Paraguai, Fernando Lugo, concluíram hoje uma reunião de trabalho sem dar declarações e deixaram em aberto uma série de acordos bilaterais que estavam prontos para ser assinados.

EFE |

Porta-vozes da Presidência informaram que a conversa entre os líderes continuará durante um jantar e convocaram uma entrevista coletiva no aeroporto de Brasília para amanhã, quando Lugo e Lula viajarão para Campo Grande para inaugurar o Trem do Pantanal.

A reunião durou cerca de duas horas e meia e, segundo fontes oficiais, o principal assunto foram as divergências entre os dois Governos em relação à represa hidroelétrica de Itaipu, cuja gestão é compartilhada por Brasil e Paraguai.

O Governo paraguaio exige a revisão do tratado que regula as operações da represa, sobretudo quanto à distribuição e aos preços da energia gerada, mas o Brasil rejeita a reivindicação, alegando que o documento só pode ser modificado após expirar, em 2023.

Após a reunião de hoje, realizada no Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, estava previsto que Lula e Lugo assistissem ao ato de assinatura de vários acordos bilaterais.

No entanto, apesar de tudo estar preparado, inclusive com as pastas para guardar papéis que continham os acordos sobre uma mesa, nada foi assinado e não houve explicações sobre o teor dos convênios, nem se esclareceu se serão assinados amanhã, durante a entrevista coletiva. EFE ed/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG