Lula e ex-presidente chileno defendem regulação

Brasília, 11 mar (EFE).- O ex-chefe de Estado chileno Eduardo Frei se reuniu hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem concordou em que a crise global impõe uma estrita regulação dos mercados e uma recuperação do papel do Estado.

EFE |

"Quando sempre se dizia que tínhamos que ter menos Estado e menos regulações, agora se mostra que devemos ter mais regulações e que o Estado deve cumprir seu papel insubstituível para atenuar estes momentos de dificuldades", disse Frei, após a reunião com Lula, que foi a última atividade de sua visita ao Brasil.

Frei, que busca sair candidato nas presidenciais chilenas de dezembro, disse que a revisão do papel do Estado na economia "é um tema central na discussão política no Chile" e disse que percebeu que também é no Brasil.

O ex-presidente chileno disse que as coincidências entre os dois países também ocorrem no sentido em que os dois Governos tiveram "uma gestão econômica responsável" nos últimos anos, o que lhes permite enfrentar a crise em melhores condições.

"Não sabemos ainda as dimensões e a profundidade (da crise), mas fazemos todos os esforços para que não sejam os cidadãos", e, especialmente, "os mais desfavorecidos", que "paguem o custo", disse Frei.

O ex-presidente disse que também manifestou a Lula sua confiança de que será "um grande porta-voz de todos os latino-americanos" perante o presidente americano, Barack Obama, com quem o líder brasileiro se reunirá no próximo sábado, na Casa Branca.

O dirigente democrata-cristão disse que também conversou com Lula sobre energia e que expressou seu interesse na experiência brasileira na área de biocombustíveis e outras alternativas ao petróleo.

"O Brasil fez um grande esforço em energia" e o Chile está "muito interessado em colaborar em processos de integração energética", disse Frei, que elogiou, especialmente, a "importante decisão do Governo brasileiro de investir em unidades de energia nuclear". EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG