Lula e Cristina iniciam reunião com ampla agenda bilateral

BUENOS AIRES - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a chefe de Estado argentina, Cristina Fernández de Kirchner, reuniram-se nesta quinta-feira, em Buenos Aires, para repassar uma grande agenda de temas de interesse comum, entre eles a contração do comércio bilateral.

EFE |

Lula foi recebido pela governante argentina na Casa de Governo, antes de iniciar o encontro ao qual também se uniram os chanceleres do Brasil, Celso Amorim, e da Argentina, Jorge Taiana.

O presidente brasileiro chegou na quarta-feira à noite a Buenos Aires junto a uma comitiva liderada por Amorim, com o objetivo de analisar o andamento das relações bilaterais, no contexto do mecanismo de consultas periódicas estipulado com Cristina no início de 2008.


Lula e Cristina se encontraram em Buenos Aires nesta quinta-feira / AP

O encontro dos líderes coincide com uma queda do comércio bilateral e com o interesse da Argentina de amparar o desenvolvimento de sua indústria aeronáutica em sociedade com a Embraer.

A preocupação argentina com o projeto brasileiro de construir uma represa águas acima do Rio Iguaçu, um dos marcos da fronteira entre os dois países, aparece como o ponto mais conflituoso de uma agenda oficial que inclui a integração energética, a cooperação judicial e a promoção do comércio com moeda local.

Na agenda, os chefes de Estado repassarão os avanços em acordos de integração ferroviária, assim como de cooperação na área farmacêutica e no desenvolvimento de tecnologias de satélites.

Além disso, porta-vozes do governo brasileiro admitiram que tentarão convencer a Argentina que adote o sistema japonês de televisão digital, como fez a administração de Lula.

Após a reunião entre os dois líderes, a presidente argentina oferecerá um almoço a Lula, que deve voltar ao Brasil hoje à tarde.

Leia mais sobre Argentina

    Leia tudo sobre: argentina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG