Lula e Bachelet pedem imediata restituição de Zelaya ao poder

São Paulo, 30 jul (EFE).- O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e a do Chile, Michelle Bachelet, condenaram hoje novamente o golpe de Estado em Honduras e pediram a restituição imediata ao poder do presidente deposto Manuel Zelaya.

EFE |

"Condenamos de forma enfática o golpe e respaldamos os esforços para que o presidente Zelaya retome o mandato para o qual foi eleito pelo povo", afirmou Lula, depois de um encontro empresarial junto com Bachelet.

"Brasil e Chile querem restabelecer a ordem democrática em Honduras, com a restituição do presidente Zelaya como presidente eleito", disse a governante chilena.

Bachelet concluiu hoje uma visita oficial ao Brasil, na qual teve um encontro com Lula em São Paulo e assinou acordos de cooperação nas áreas de previdência social, alfândega, entre outros. EFE wgm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG