BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira que a operação que permitiu resgatar Ingrid Betancourt e outros 14 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foi uma vitória dos que amam a liberdade e a paz.

AFP
Betancourt reencontra filhos na Colômbia após seis anos de separação
Ingrid Betancourt reencontra filhos na Colômbia após seis anos de separação


Em declarações a jornalistas, Lula reiterou o desejo de que as Farc "libertem todos os reféns" que ainda retêm e que "tenham a sensibilidade de participar do jogo democrático".

Segundo Lula, a libertação de Betancourt, três americanos e 11 militares e policiais colombianos foi "um evento extremamente importante para a humanidade". O presidente aproveitou a ocasião para reiterar suas felicitações ao Governo de Álvaro Uribe.

"Para mim, é abominável manter pessoas seqüestradas durante uma hora, e, pior ainda, durante seis ou sete anos", declarou, após um ato público realizado em Brasília.

Lula tinha expressado na véspera, horas depois do resgate e por meio de um comunicado oficial, sua "satisfação" com o sucesso da operação e a "esperança" em que represente "um passo importante" para a libertação dos outros seqüestrados e "à reconciliação de todos os colombianos".

Entenda

Saiba mais sobre Ingrid

O Resgate

Imagens

Repercussão

Opinião

Leia também:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.