Lula diz que regras para o petróleo tornarão Brasil independente

Rio de Janeiro, 31 ago (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que as regras que anunciará hoje para a exploração das gigantescas reservas petrolíferas da camada pré-sal significam um novo Dia da Independência para o país.

EFE |

Na edição desta semana de seu programa de rádio, o "Café com o Presidente", Lula disse ainda que o novo marco regulatório para os hidrocarbonetos permitirão ao Brasil ser proprietário de suas reservas, garantirá os recursos para financiar suas principais necessidades e transformará o país num dos maiores exportadores mundiais de petróleo e derivados.

"Esta segunda-feira significa um novo Dia da Independência para o Brasil. Estamos falando da descoberta de petróleo de boa qualidade a quase 6.000 metros de profundidade e de reservas que são muito grandes e colocam o Brasil entre os maiores países produtores de petróleo do mundo", afirmou Lula.

"O Brasil precisa aproveitar, fazer um novo marco regulatório, para que a Petrobras possa ser mais forte, para que o Estado possa ser dono do petróleo e para que possamos criar um fundo para melhorar nossa vida", acrescentou.

Esse fundo, destacou o presidente, teria três objetivos básicos: "cuidar da educação, cuidar da ciência e da tecnologia, e cuidar da pobreza no país".

Segundo Lula, o Governo não tem "o direito de pegar o dinheiro que vai ganhar com esse petróleo e torrar no Orçamento da União".

"Queremos classificar as prioridades e fazer o Brasil se tornar mais rico, desenvolvido, do ponto de vista cientifico tecnológico, educacional, das políticas sociais do governo", declarou.

Sobre o desenvolvimento do setor, o governante afirmou: "Não queremos exportar só petróleo cru. Queremos exportar derivados. E, para isso, precisamos ter uma grande indústria petrolífera, precisamos de estaleiros, precisamos construir as plataformas e as sondas aqui". EFE cm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG