Porlamar (Venezuela), 27 set (EFE).- O Brasil não aceita ultimato de um Governo golpista, disse hoje, em Porlamar (Venezuela), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em resposta ao prazo de dez dias dado pelo Governo de Roberto Micheletti para definir o status de Manuel Zelaya, que está na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa.

EFE afs/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.