Lula diz que integração sul-americana avança rapidamente

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira que o processo de integração sul-americana está avançando rapidamente, com nossos próprios recursos, durante um encontro com seus colegas boliviano, Evo Morales, e venezuelano, Hugo Chávez, na cidade boliviana de Riberalta.

AFP |

Lula lembrou que a formação da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) permitiu "a reativação de um projeto de infra-estrutura" em que estão envolvidos vários países da região.

"Há dois meses assinamos em Brasília o tratado de formação da Unasul, que representa a superação da inércia das resistências que impediram nossa unidade ao longo de 200 anos de vida independente", acrescentou.

Lula, que concedeu nesta sexta-feira à Bolívia um crédito de 230 milhões de dólares para a construção de uma estrada entre La Paz e Porto Velho (Rondônia), declarou que "a reativação de um projeto de infra-estrutura que une vários países comprova que o processo de integração da América do Sul está avançando rapidamente".

"Com a Unasul, que é a expressão política institucional deste novo conceito regional, podemos fazer muito mais", afirmou.

"Também vamos promover a integração energética e financeira, assim como políticas sociais e educativas conjuntas. Além disso, investiremos juntos em setores estratégicos", prosseguiu.

"Este compromisso com a integração deve ser caracterizado por um diálogo sincero e pela busca permanente do consenso, sempre com o respeito das nossas diversidades e ao caminho escolhido democracticamente por cada país", acrescentou Lula.

"A imensa maioria de nossas sociedades deseja desenvolvimento, segurança, democracia e justiça social, além de oportunidades iguais", finalizou o presidente brasileiro.

rb/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG