Lula diz a chefe da ONU que Brasil pode aumentar doação ao Haiti

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou nesta quarta-feira com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e reiterou a disposição do Brasil de aumentar o montante já doado ao Haiti, devastado por um terremoto na semana passada. Segundo o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, Lula afirmou estar disposto a colaborar com o país caribenho além dos 15 milhões de dólares já oferecidos.

Reuters |

"Toda essa ajuda que se tem dado até agora é emergencial, mas é importante, naturalmente, a reconstrução do Haiti", disse Amorim a jornalistas após o telefonema.

Na ligação a Ban, Lula detalhou os esforços de cooperação da Minustah, a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti liderada pelo Brasil, com forças de outros países, principalmente norte-americanas.

"Lula relembrou os dois telefonemas para o presidente (Barack) Obama e salientou a boa receptividade do presidente Obama e o desejo de manter essa coordenação sob a coordenação geral das Nações Unidas", afirmou Amorim.

Na conversa desta quarta-feira, Ban manifestou suas condolências pelos brasileiros mortos e agradeceu o esforço do Brasil de enviar mais 750 soldados e 150 policiais ao Haiti, o que deve ser votado pelo Congresso na segunda-feira.

O Brasil tem atualmente 1.266 militares na Minustah. Na terça-feira, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade o envio de mais 1.500 policiais e 2 mil soldados à força de paz.

De acordo com autoridades haitianas, entre 100 mil e 200 mil pessoas teriam morrido devido ao forte terremoto de magnitude 7 que devastou a capital, Porto Príncipe. Entre os mortos estão 21 brasileiros, sendo 18 soldados que serviam na Minustah e três civis.

Na quarta-feira, um novo tremor de magnitude 6,1 voltou a assustar o Haiti. Amorim afirmou ter conversado com o embaixador brasileiro em Porto Príncipe, Igor Kipman, e que, até agora, não há informações de vítimas.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

    Leia tudo sobre: haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG