transformar sensibilidade em dinheiro ao Haiti - Mundo - iG" /

Lula defende transformar sensibilidade em dinheiro ao Haiti

São Paulo, 18 jan (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu hoje que a comunidade internacional transforme sensibilidade em dinheiro para ajudar o Haiti, depois do terremoto que deixou dezenas de milhares de vítimas na terça-feira passada.

EFE |

"Todo mundo está sensibilizado. Agora, é preciso transformar essa sensibilidade em ajuda concreta, em dinheiro para que possamos reconstruir o Haiti", disse o presidente em seu programa semanal de rádio, o primeiro de 2010.

Lula lembrou que "o Brasil já colocou US$ 15 milhões à disposição do Haiti" e que "o Banco Mundial liberou US$ 100 milhões também", mas, sem indicar nomes, reclamou que "há países que podem dar mais" e não fazem isso.

"Agora é o momento de colocar a mão no bolso e ajudar", enfatizou o presidente, que também lembrou a especial responsabilidade do Brasil com o Haiti, já que é responsável pela coordenação militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah).

"Nós coordenamos a Minustah e, portanto, temos um papel relevante. Imediatamente, mandamos alimentos, aviões com bombeiros, cães rastreadores e médicos", ressaltou.

Lula aproveitou para lamentar a morte no país caribenho de brasileiros, e lembrou a renomada missionária Zilda Arns, que também perdeu a vida em Porto Príncipe por causa do terremoto.

As autoridades haitianas calculam que pode haver até 100 mil mortos pelo terremoto, enquanto a grande quantidade de edifícios destruídos ou danificados deixou centenas de milhares de pessoas desabrigadas. EFE az/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG