Lula defende atuação da PF na operação que prendeu Dantas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quinta-feira no Vietnã o trabalho da Polícia Federal (PF) na operação que levou à prisão quase 20 pessoas, entre elas o banqueiro Daniel Dantas.

BBC Brasil |

  • Daniel Dantas é preso novamente pela Polícia Federal

    Agência Brasil
    Lula defendeu atuação da PF
    Lula defendeu atuação da PF
    "A PF faz a sua investigação e toma suas decisões com base em decisão judicial. Ela não pode prender ninguém sem uma decisão judicial, não pode entrar na casa de ninguém sem decisão judicial", afirmou Lula.

    "É o Poder Judiciário que concede a PF o direito de entrar na casa de uma pessoa. Ora, se isso é certo ou errado, nos só vamos saber quando houver um veredicto final." O presidente salientou que não quer "nem punir antecipadamente, nem absolver antecipadamente".

    Cuidado

    "É importante que a PF trabalhe com todo o cuidado para não criar manchetes envolvendo nomes de pessoas que depois se transformam em inocentes e ninguém pede desculpas", disse.

    O banqueiro Daniel Dantas, dono do banco Opportunity, foi preso na Operação Satiagraha da PF na terça-feira, mas na quinta-feira de madrugada foi colocado em liberdade devido a um habeas-corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal, suspendendo sua detenção provisória.

    No entanto, poucas horas depois de ser libertado, voltou a ser preso por ordem do mesmo juiz que determinara sua detenção original, que considerou que haviam mais provas contra ele.

    Dantas é acusado de formação de quadrilha e desvio de verbas públicas, entre outros crimes.

    • Leia tudo sobre: dantas

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG