Lula debate com líder de Congresso cubano visita de Raúl Castro ao Brasil

Brasília, 2 jul (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje o titular da Assembléia Nacional de Cuba, Ricardo Alarcón, com quem analisou, entre outros assuntos, uma provável visita ao país do chefe de Estado cubano, Raúl Castro.

EFE |

Segundo Alarcón, na reunião também foram discutidos a nova lei da União Européia (UE) para a imigração, o anúncio do desdobramento da quarta frota dos Estados Unidos na América do Sul e as relações bilaterais, que estão "em um momento magnífico".

Alarcón expressou que a norma para a imigração aprovada pela UE significa "tratar os netos de espanhóis, portugueses, ingleses e outros europeus como se fossem gente de menor valor" e "não tem ética e princípios".

Ele também advertiu de que "os xenófobos da Europa e dos Estados Unidos estão diante de um problema sem saída, porque precisam de imigrantes e vão continuar precisando dos pobres do sul".

Sobre a quarta Frota dos Estados Unidos, que se deslocará nos mares da América do Sul, o presidente da Assembléia Nacional de Cuba afirmou que o importante "é saber para que a mandam a uma região na qual não há armas nucleares nem conflitos".

Ele afirmou que a única resposta que cabe é "o desejo de impor uma hegemonia continental" que "deve ser rejeitada", e acrescentou que, em Cuba, "já sabem muito bem o que significam os desdobramentos militares dos Estados Unidos".

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, que participou da reunião, explicou que "a possível visita do presidente Raúl Castro" foi um dos assuntos tratados e que, daqui para frente, será discutida por ambas as Chancelarias, a fim de tentar definir uma data.

Fontes oficiais consultadas pela Agência Efe em Brasília disseram que ela poderia se concretizar em dezembro, por ocasião da cúpula semestral do Mercosul, que será realizada em Salvador. EFE ed/rb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG