Lula conversou por 24 minutos com o Papa no Vaticano

O Papa Bento XVI recebeu nesta quinta-feira pela primeira vez em audiência privada no Vaticano o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem conversou durante 24 minutos em seu escritório particular.

AFP |

O Sumo Pontífice recebeu o presidente do Brasil na porta de seu escritório privado no segundo andar do palácio apostólico.

"O cordial encontro consistiu em uma frutífera troca de opiniões sobre temas da atualidade internacional e regional", afirma o Vaticano em um comunicado.

Ambos conversaram também sobre a situação do Brasil, "em particular sobre as políticas sociais adotadas para melhorar a vida das pessoas que vivem inadaptadas e marginalizadas", precisa o texto.

Bento XVI e Lula analisaram também o "papel chave da família na luta contra a violência e a deterioração social".

O Pontífice recebeu Lula com um "muito obrigado presidente pelo acordo que será assinado em breve", uma referência à assinatura oficial no mesmo palácio apostólico do novo estatuto da Igreja Católica no Brasil.

Depois do encontro privado, na presença de uma tradutora, o presidente brasileiro apresentou a delegação que o acompanha, encabeçada pela esposa, Marisa Letícia, e o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Ao fim da cerimônia, aconteceu a tradicional troca de presentes.

kv/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG