Lula chega a Roma para visita oficial à Itália e audiência com Bento XVI

Roma, 9 nov (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje ao aeroporto militar de Ciampino, em Roma, às 9h30 de Brasília, para iniciar amanhã uma visita oficial à Itália que concluirá na quinta-feira, quando será recebido em audiência pelo papa Bento XVI.

EFE |

O presidente e sua esposa, Marisa Letícia, foram recebidos pela ministra de Igualdade de Oportunidades italiana, Mara Carfagna; pelo embaixador italiano no Brasil, Michele Valensise, e o embaixador do Brasil em Roma, Adhemar G. Bahadian.

Em Ciampino, representando o Vaticano, estavam o arcebispo Erwin J. Ender, e o chefe do cerimonial da Santa Sé, Fortunatus Nwachukwu.

O veículo do presidente brasileiro passou pelas ruas de Roma seguido por uma caravana de cerca de oito carros oficiais e dois microônibus, nos quais viajavam a delegação que o acompanhará nesta viagem.

Às 10h30 de Brasília, a caravana chegou à sede da Embaixada do Brasil, onde hoje foi intensificada a presença policial, para garantir a segurança da delegação brasileira.

Lula não tem atividades previstas hoje e a visita oficial começará amanhã, com a reunião no Palácio do Quirinale com o presidente da República, Giorgio Napolitano.

A visita de Lula à Itália está dentro de uma fase de reforço das relações bilaterais entre os dois países, segundo fontes diplomáticas italianas, e por causa, principalmente, do aumento das trocas comerciais nos primeiros meses de 2008 e o interesse dos empresários da Itália em intensificá-los.

Além de Napolitano, Lula se reunirá amanhã com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, com quem manterá um almoço de trabalho e, na quarta-feira, será recebido pelo prefeito de Roma, Gianni Alemanno.

Na quinta-feira, será o dia da visita ao Vaticano e da audiência privada com o papa Bento XVI, que viajou ao Brasil no ano passado.

EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG