Lula chega a Bogotá para se reunir com Uribe

Bogotá - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje a Bogotá para uma visita oficial de dois dias que inclui várias reuniões de trabalho com o chefe de Estado da Colômbia, Álvaro Uribe, disseram fontes diplomáticas locais.

EFE |

Lula foi recebido no terminal aéreo militar da capital colombiana pelo ministro das Relações Exteriores, Jaime Bermúdez, e depois se transferiu a um hotel do centro da cidade.

O chanceler colombiano, que assumiu o cargo na quinta-feira, disse antes que os Governos dos dois países prepararam uma agenda "grande e útil" para esta visita.

É um "sinal fundamental do interesse da Colômbia e do Brasil de aprofundar as relações bilaterais no marco de uma agenda diversa", acrescentou Bermúdez.

A primeira atividade da agenda de Lula em Bogotá será uma reunião com Uribe no sábado de manhã, antes da realização do encontro empresarial Colômbia-Brasil Novas Fronteiras de Negócios.

A reunião, de menos de um dia, será aberta pelos governantes e pelo ministro de Comércio, Indústria e Turismo colombiano, Luis Guillermo Plata, e a ela assistirão 120 empresários brasileiros e o mesmo número de colombianos.

Uribe e Lula se reunirão na Fazenda Presidencial Hato Grande, situada em Cajicá, localidade menos de 45 quilômetros ao norte de Bogotá.

O investimento, o comércio, a cooperação em defesa e segurança fronteiriça, o meio ambiente e os biocombustíveis são os assuntos que centrarão o interesse dos dois chefes de Estado e suas equipes, disse o chanceler colombiano.

Os governantes assinarão, ali, nove acordos, disse Bermúdez, e destacou que o encontro concluirá com uma entrevista coletiva conjunta.

No segundo e último dia de visita, Lula irá para a cidade amazônica de Leticia, onde assistirá à comemoração do 198º aniversário da independência da Colômbia.

Dos atos também participará o governante do Peru, Alan García, cujo país compartilha fronteira com a Colômbia.

A comemoração do Dia da Independência em Leticia, a capital do departamento limítrofe do Amazonas, inclui um desfile militar e um grande concerto, que coincidirão com as manifestações em favor da liberação dos seqüestrados na Colômbia, previstas em todos os centros urbanos do país e em muitas cidades do mundo.

    Leia tudo sobre: uribe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG