Jacarta - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se comprometeu hoje a apoiar o desenvolvimento do Timor-Leste e assinou seis acordos bilaterais de cooperação com a ex-colônia portuguesa.

"O Timor-Leste é uma nação soberana e merece nosso apoio", afirmou o presidente ao Parlamento timorense, onde reiterou que o Brasil "ajudará o país em tudo que puder".

Os acordos firmados são principalmente "de transferência de conhecimentos, capacitação e troca de informação e experiências", explicaram à Agência Efe fontes oficiais do Brasil.

AP
Presidente brasileiro tem boas relações com o Timor Leste

O Brasil prorrogará seu programa de formação de funcionários no Timor-Leste e participará do treinamento e capacitação das forças de segurança locais.

Lula anunciou ainda a ampliação até 2010 do programa de alfabetização que mantém 50 professores brasileiros no Timor-Leste.

A viagem de Lula ao Timor-Leste começou com uma reunião com seu colega timorense e Nobel da Paz, José Ramos Horta, seguida por um encontro com o primeiro-ministro Xanana Gusmão e com outros membros do Executivo do país.

Em seguida, Lula foi ao Parlamento e à sede do Poder Judiciário do Timor-Leste, e à tarde visitou um centro de formação profissional e se reuniu com a comunidade brasileira que vive no pequeno país do sudeste asiático.

O presidente seguirá à noite para Jacarta, onde no sábado iniciará uma visita oficial, a quarta e última etapa de seu giro pela Ásia que começou no Japão, onde participou da cúpula do Grupo dos Oito (G8, que reúne os sete países mais industrializados e a Rússia), e que também passou pelo Vietnã.

Leia mais sobre: Lula - Timor Leste

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.