Brasília, 10 ago (EFE).- O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, antecipou hoje seu retorno de Quito, onde participou da cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), devido ao grave estado de saúde do vice-presidente, José Alencar, informou a Agência Brasil.

Lula, que tinha viajado para Quito para participar da cúpula da Unasul e para assistir à posse do presidente equatoriano, Rafael Correa, para seu segundo mandato, decidiu voltar antes do previsto, após receber a informação de que Alencar tinha sido internado ontem à noite, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

"Fiquei preocupado, comuniquei ao presidente Rafael Correa que não ficaria para a posse", disse Lula a jornalistas, na capital equatoriana, pouco antes de seu voo de volta ao Brasil.

A imprensa local tinha afirmado hoje que Lula poderia retornar de Quito antes do previsto para evitar eventuais reuniões com líderes interessados em continuar debatendo sobre o acordo militar que a Colômbia negocia com os Estados Unidos.

Segundo os assessores de Alencar, o vice-presidente, de 77 anos e que luta contra um câncer abdominal desde 1997, foi internado ontem à noite por uma complicação de seu quadro clínico, mas recebeu alta na manhã de hoje e deve voltar ao hospital na quinta-feira, para fazer novos exames. EFE joc/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.