Lula afirma que Brasil crescerá acima de 4,5% em 2010

São Paulo, 31 jul (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o Brasil crescerá acima dos 4,5% em 2010, porque, junto à da China, a economia brasileira é a que está se recuperando com maior vigor frente à crise.

EFE |

"De todos os países do mundo, de todos, China e Brasil são os dois países que estão em melhor situação. A economia brasileira está se recuperando. Temos os pés no chão, mas os sinais são para um crescimento superior a 4,5% em 2010", disse Lula a jornalistas.

A afirmação fica distante do cálculo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que reduziu a previsão de crescimento para 2009 de 2% para entre 0,2% e 1,2% e se absteve de fazer projeções para 2010.

Em Belo Horizonte, Lula deu como exemplo para sustentar sua afirmação o aumento na atividade do setor automotivo e o aumento de 30% nas vendas de eletrodomésticos no primeiro trimestre.

"A máquina de lavar roupa é a maior independência das mulheres", disse o presidente em referência à "invulnerabilidade" do setor da linha branca no período de crise.

Lula ainda aproveitou para chamar de "imbecis" os críticos do programa social Bolsa Família. EFE wgm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG