Assunção, 27 ago (EFE).- O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, viajará na madrugada desta sexta-feira à cidade argentina de Bariloche para participará da cúpula extraordinária de chefes de Estado da União de Nações Sul-americanas (Unasul).

Lugo partirá às 4h (5h30 de Brasília) em um voo privado que sairá da área militar do aeroporto Silvio Pettirossi, com um reduzido grupo de colaboradores, que inclui o chanceler paraguaio, Héctor Lacognata, e o assessor presidencial na área internacional, Gustavo Codas.

Fontes oficiais confirmaram à Agência Efe que após participar da cúpula da Unasul, Lugo se reunirá com os governantes de Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e da Venezuela, Hugo Chávez, sobre aspectos da cooperação energética que seus países mantêm.

Com Chávez, o governante paraguaio falará sobre os mecanismos para refinanciar uma dívida de pouco mais de US$ 300 milhões da petrolífera estatal paraguaia Petropar com a venezuelana PDVSA.

A conversa com Cristina girará sobre as obras de conclusão da hidroelétrica de Yacyretá, compartilhada pelas duas nações, prevista para 2010. EFE lb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.