Lugo pode voltar à vida religiosa após fim do mandato

Buenos Aires, 14 ago (EFE).- A irmã do presidente eleito do Paraguai, o ex-bispo Fernando Lugo, afirmou que ele reingressará na vida religiosa após o fim de seu mandato.

EFE |

Mercedes Lugo, a irmã mais velha do futuro presidente, se tornará a primeira-dama do Paraguai na próxima sexta-feira, já que Lugo não é casado.

"No espírito dele está não se afastar da vida religiosa. Ele somente diz que muda sua catedral, que hoje é o país. E estou quase convencida de que quando Fernando Lugo terminar seu mandato, reingressará na vida religiosa", disse em entrevista publicada hoje pelo jornal argentino "Clarín".

Mercedes, professora aposentada, afirmou que seu irmão "em nenhum momento abandonou sua diocese para se dedicar à vida mundana", mas "está muito mais perto de Deus e de seus irmãos bispos".

O papa Bento XVI concedeu a Lugo a redução ao estado laical no final de junho, seis meses após ele ter sido suspenso "a divinis" para se dedicar à política.

Segundo Mercedes, ela está preparada para acompanhar o irmão "em cada decisão", e afirmou que "a mudança se aproxima no Paraguai", onde "o grande desafio será diminuir o índice de pobreza e combater a falta de trabalho, principalmente para os jovens".

A irmã do futuro chefe de Estado também confirmou que eles não vão morar na residência oficial de Mburuvicha Roga, pois a considera muito cercada e, segundo ela, "seria como separar-se do mundo". EFE ms/ab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG