ditadura da imprensa no Paraguai - Mundo - iG" /

Lugo pede fim da ditadura da imprensa no Paraguai

Assunção, 10 jun (EFE)- O presidente eleito do Paraguai, o ex-bispo Fernando Lugo, se irritou hoje com os jornalistas de seu país e pediu o fim da ditadura da imprensa, ao se negar a dar declarações a repórteres após um ato público. Basta da ditadura da imprensa. Não me deixam nem sequer caminhar.

EFE |

Não vou falar", disse Lugo.

Com essa atitude, Lugo escapou de responder perguntas sobre o escândalo que surgiu na semana passada após a designação de seu sobrinho para um cargo público.

Hoje, Ángel Maidana Lugo, filho de Mercedes Lugo, irmã mais velha do futuro presidente paraguaio, abriu mão de seu cargo em meio a críticas da imprensa e dos próprios partidários do presidente eleito.

Na semana passada, Lugo alegou que não teve participação na nomeação de seu sobrinho e atribuiu isso aos diretores do organismo público.

Desde as eleições presidenciais de 20 de abril, a imprensa segue diariamente as atividades de Lugo, que começam desde muito cedo em sua residência próxima à Assunção. EFE lb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG