Assunção, 20 mar (EFE).- O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, participou hoje no ato de fundação de uma aliança política entre grupos minoritários e de esquerda que apoiam sua gestão e integram a coalizão que o levou ao poder em 2008.

"Aqui estamos aqueles que apostamos em uma democracia autêntica.

Não só representativa mas também participativa", disse Lugo em discurso para cerca de 15 mil pessoas, segundo a Polícia, que se reuniram esta noite em frente à sede do Parlamento em Assunção.

Lugo participou da assinatura da ata de constituição da "Frente Guazú" (Frente Ampla, em guarani), uma nova plataforma integrada por grupos que formam a Aliança Patriótica para a Mudança (APC), que o levou ao poder nas eleições gerais de 2008 e pôs fim a 61 anos de hegemonia do Partido Colorado.

"Digam o que disserem os que não querem a mudança, não vamos renunciar perante as mentiras e os enganos", asseverou o líder, destacando que sem o apoio popular seu Governo não poderá se consolidar democraticamente. EFE rg/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.