Lugo fecha acordo sobre fronteira com a Bolívia amanhã na Argentina

Assunção, 26 abr (EFE).- O chefe de Estado do Paraguai, Fernando Lugo, viajará amanhã a Buenos Aires para fechar junto com seu colega da Bolívia, Evo Morales, o acordo final sobre a fronteira entre os dois países, na presença da presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner.

EFE |

A definição dos limites entre Bolívia e Paraguai remonta à guerra do Chaco (1932-1935), travada pela posse de extensas terras em uma árida região onde o primeiro país explora gás e petróleo. Só com a queda do regime do ex-ditador paraguaio Alfredo Stroessner (1954-1989) as relações bilaterais voltaram a fluir.

A Argentina atuou como presidente da comissão de demarcação dos limites entre Bolívia e Paraguai e contou com o aval de vários países, entre eles o Chile, que estará representado amanhã por seu ministro das Relações Exteriores, Mariano Fernández.

A cerimônia oficial, que será presidida por Cristina, será realizada na Casa Rosada (residência oficial da Presidência argentina). EFE rg/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG