Lugo diz esperar que Obama defenda a justiça e a igualdade

Assunção, 20 jan (EFE).- O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, disse hoje esperar que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defenda a justiça e a igualdade.

EFE |

"Confiamos no senhor, dentro do contexto da América Latina, porque nos encoraja a intenção de construir uma relação digna com uma nação pujante, com alta tradição democrática e liderança econômica mundial, que colabore com a inclusão social, a consolidação da democracia, o desenvolvimento e a justiça social em nossos povos", afirmou Lugo em nota dirigida a Obama.

O chefe de Estado paraguaio também disse que "o povo dos EUA tem a graça de contar, a partir de hoje, com um presidente jovem, humanista e prestigioso, com capacidade de dialogar apropriadamente com os grandes dilemas deste tempo".

Lugo declarou ainda que, durante seu mandato, pretende estreitar os vínculos com os EUA "nos eixos tradicionais e em novos tópicos de troca".

"No coração da América do Sul, palpitamos hoje com a posse constitucional (de Obama) como presidente dos Estados Unidos", destaca o texto do chefe dlíder paraguaio. EFE rg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG