Lugo deve propor a Lula uma nova agenda de integração

Assunção, 5 mai (EFE).- O chefe de Estado do Paraguai, Fernando Lugo, disse hoje que vai propor ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma nova agenda de relação e de integração durante a visita que fará ao Brasil nos dias 7 e 8 de maio.

EFE |

Em sua entrevista coletiva semanal, Lugo disse que tal agenda "procura remover as dificuldades que provocavam as assimetrias" entre os dois países.

"Temos que ressaltar os novos tempos políticos vividos em ambos os países, o que facilita uma coincidência de visões e compromissos entre os dois Governos. Nossos povos aguardam que suas esperanças e suas legítimas aspirações se tornem realidade", afirmou o presidente paraguaio.

Lugo, que viajará amanhã para o Brasil, deve conversar com Lula no dia seguinte em Brasília sobre um imposto único para o comércio entre Ciudad del Este, no Paraguai, e a cidade de Foz do Iguaçu (PR). Ambas ficam na fronteira entre os dois países e são ligadas pela Ponte da Amizade, que cruza o rio Paraná.

O chefe de Estado mencionou que a agenda também inclui detalhes sobre a construção de uma segunda ponte na mesma região e de outra sobre o rio Paraguai, assim como a extensão da malha ferroviária do estado do Paraná para regiões agrícolas do Paraguai.

Lugo também discutirá com Lula as reivindicações paraguaias a respeito do aproveitamento da usina hidroelétrica binacional de Itaipu.

Após seu encontro com Lula, o chefe de Estado paraguaio, cuja visita ao Brasil já foi adiada duas vezes, deve realizar um passeio na próxima sexta-feira pelo Pantanal, saindo de Campo Grande. EFE rg/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG