abrir fronteiras se nada tem a esconder - Mundo - iG" /

Lugo desafia Colômbia a abrir fronteiras se nada tem a esconder

Bariloche (Argentina), 28 ago (EFE).- O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, pediu hoje à Colômbia que abra as fronteiras para gerar um clima de confiança mútua, ao manifestar preocupação com o uso de bases colombianas por parte de tropas americanas.

EFE |

"Respeitamos o princípio de autodeterminação dos povos, mas me preocupa que estas bases militares possam ultrapassar as fronteiras e ameaçar a soberania e nossas democracias", disse Lugo ao participar da cúpula da Unasul, realizada na cidade de Bariloche, na Argentina.

"Não podemos aceitar que nenhuma tentativa, evento, ação ou estratégia coloque em perigo estas democracias", acrescentou.

Lugo sugeriu ao presidente colombiano, Álvaro Uribe, que se "não há nada a esconder", abra as fronteiras da Colômbia para gerar "confiança mútua".

"Se não há nada ruim e se isto (o acordo entre Colômbia e Estados Unidos para o uso de bases) não constitui um perigo, parabéns, e se não a Unasul deve adotar uma posição comum em defesa da democracia de nossos povos", afirmou Lugo.

O presidente disse que o Paraguai, junto com a Argentina, são os países que menos investiram em armamento nos últimos 30 anos, o qual constitui uma "demonstração" de sua vocação de paz.

"Não podemos pensar em uma integração da Unasul baseada na desconfiança e em uma linguagem que não constrói nem convida à integração. Dói que nossas relações tenham se deteriorado e me doem estas crispações entre nossos países", disse. EFE nk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG