Lugo criará equipe para discutir preço de energia de Itaipu

Um dia depois de eleito presidente do Paraguai, o ex-bispo católico Fernando Lugo afirmou que vai criar um equipe técnica para discutir um preço justo para a energia de Itaipu que o Brasil compra do Paraguai. Lugo também disse que espera abrir uma mesa de diálogo de técnicos com o Brasil o mais rápido possível.

BBC Brasil |

"As primeiras medidas são as de formar um equipe técnica. Assim como conversamos com o presidente Lula, e ele mostrava sua disposição, independente das posturas diversas confrontadas", disse Lugo.

Nesta segunda-feira, em Gana, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o tratado "não muda".

Mediação
Questionado sobre o que faria se não houvesse entendimento com o governo brasileiro, Lugo levantou a possibilidade de convidar um terceiro país da região para atuar como mediador.

Na entrevista a jornalistas brasileiros nesta segunda-feira, Lugo procurou adotar um discurso moderado e disse que não recorrerá a nenhum tribunal internacional até "esgotar" a negocição com o Brasil.

Lugo também procurou evitar comparações com o presidente Evo Morales, que nacionalizou o setor de gás e petróleo na Bolívia e usou o Exército para cercar refinarias da Petrobras.

"Acho que temos uma diferença. O tratado que temos com o Brasil é binacional. A Bolívia não tinha um tratado binacional, era um acordo com uma empresa", disse Lugo.

"Por isso, nossa relação será de governo a governo, de Estado a Estado. E tomara que isso possa facilitar a busca de consenso para que seja o melhor para ambos países".

Governabilidade
Fernando Lugo foi eleito nesse domingo pela Aliança Patriótica para a Mudança (APC), tirando o Partido Colorado do poder pela primeira vez em 61 anos.

Apesar disso, ele diz não acreditar em problemas de governabilidade e se diz disposto a negociar.

"Acho que agora chega o momento das grandes conversas, de alianças, dentro da aliança e no Parlamento, para que essa governabilidade seja mais eficiente."

Segundo Lugo, até a posse no dia 15 de agosto, será criada uma comissão de transição, com membros de sua equipe e do atual governo.

As declarações de Lugo foram feitas em sua casa, nesta segunda-feira, onde recebeu jornalistas brasileiros de calça jeans, camisa branca e sandálias franciscanas.

Lugo atendeu a imprensa na sala, decorada com pequenas bandeira do Paraguai e uma foto sua com uma frase de Paulo Coelho: "O mundo está nas mãos daqueles que têm a coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos".

    Leia tudo sobre: itaipulugolulaparaguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG