Lourdes recebe 200 mil peregrinos para missa de Bento 16

Cerca de 200 mil peregrinos viajaram a Lourdes, na França, para a missa que será celebrada pelo papa Bento 16 neste domingo. Será a primeira visita de Bento 16 à Gruta das Aparições, em Lourdes, e deverá marcar o 150º aniversário do que, segundo os católicos, foi a aparição da Virgem Maria a uma criança da cidade.

BBC Brasil |

As autoridades locais esperam 23 mil carros e sete mil ônibus trazendo mais peregrinos para a missa do papa.

Mais de 3 mil policiais foram mobilizados para garantir a segurança durante a celebração.

Missa em Paris
Neste sábado outras 250 mil pessoas participaram da missa ao ar livre celebrada por Bento 16 em Paris.

O papa disse à multidão que estava muito feliz com sua visita à França e, em seu sermão, condenou o que ele chamou de paixão pagã pelo poder, bens e dinheiro.

"Nosso mundo moderno não criou seus próprios ídolos? Não imitou, talvez de forma não intencional, os pagãos da Antigüidade, desviando o homem de seu verdadeiro fim, da alegria de viver eternamente com Deus...", afirmou.

Na sua chegada em Paris, na sexta-feira, Bento 16 foi recebido pelo presidente francês Nicolas Sarkozy. O papa elogiou Sarkozy pelo presidente promover o papel da religião na sociedade.

A França tem uma legislação severa, de 1905, que protege a separação da Igreja e do Estado, mas Sarkozy apoiou os esforços para suavizar a lei de secularismo.

Antes da visita de Bento 16, um jornal francês divulgou uma pesquisa que mostrava que mais da metade dos entrevistados tinha uma visão positiva do papa.

"É uma grande oportunidade de nos reunirmos e mostrarmos que estamos com ele (Bento 16) e que ele é o melhor. Então, estamos todos mostrando a nossa fé", disse um peregrino ao correspondente da BBC em Lourdes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG