guerreiras , diz estudo - Mundo - iG" /

Louras são mais guerreiras , diz estudo

O autor de um estudo da Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara, sobre agressividade e confiança, afirmou que mulheres louras têm uma atitude mais guerreira e determinada diante da vida, segundo uma reportagem do jornal britânico The Sunday Times deste domingo.

BBC Brasil |

A pesquisa, que envolveu 156 estudantes da universidade, descobriu ainda que, embora as louras tenham mais disposição para defender vigorosamente os próprios interesses, elas são menos inclinadas a chegar às vias de fato do que morenas e ruivas.

"Nós esperávamos que as louras sentissem ter mais direito (ao sucesso) do que outras jovens. Estamos no sul da Califórnia, o habitat natural da loura bem-sucedida", afirmou ao Sunday Times Aaron Sell, que coordenou a equipe de pesquisadores. "O que não esperávamos é ver que elas são muito mais beligerantes do que as suas colegas de campus."

De acordo com a reportagem do semanário britânico, o estudo confirmou a teoria de que louras fazem mais sucesso entre os homens, são mais bem tratadas e mais dispostas a "ir à guerra".

'Vivendo na bolha'

No entanto, a teoria de Sell é que louras vivem em uma "bolha" por tanto tempo em suas vidas, que nem percebem que são melhor tratadas por outras pessoas, principalmente por homens. "Elas talvez nem percebam que são tratadas como princesas."

O estudo de Sell indica que quanto mais atraente a pessoa - o que para homens pode ser medido pela força física e para mulheres pela aparência - se sente, maior a probabilidade de se irritar para atingir os seus objetivos.

Outro estudo californiano aparentemente confirma a teoria da auto-confiança das louras. A psicóloga Catherine Salmon, da universidade de Redlands, afirma que mulheres louras têm mais confiança nas próprias qualidades, embora os resultados "não necessariamente reforcem essa confiança".

Até aquelas que "se transformam" em louras rapidamente se adaptam às vantagens dessa cor de cabelo, segundo a psicóloga.

"Talvez em reação ao estereótipo, morenas realmente tendem a trabalhar mais duro e esperar menos tratamentos especiais", afirmou Salmon ao Sunday Times.

A reportagem ouviu ainda a atriz loura Emilia Fox, que refutou a hipótese de Sell. "Já tive todas as cores de cabelo possíveis e não acho que o meu temperamento tenha mudado com a cor do cabelo", disse ao jornal britânico. Para ela, a ambição vem do prazer em trabalhar duro.

Leia mais sobre estudos

    Leia tudo sobre: estudo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG