Louisiana declara estado de emergência por furacão Gustav

LOUISIANA - O governador da Louisiana, Bobby Jindal, declarou o estado de emergência nesta quarta-feira e anunciou planos para começar a evacuar as áreas costeiras antes da chegada da tempestade tropical Gustav, que deve tocar os Estados Unidos na tarde da próxima segunda-feira como furacão de categoria 3.

Redação com agências internacionais |

Os moradores de Nova Orleans são os mais preocupados com a trajetória de Gustav, que se aproxima da Louisiana poucos dias antes do terceiro aniversário da passagem do furacão Katrina, que devastou a cidade.

Até hoje, apenas metade dos moradores de Nova Orleans voltou a morar lá, e grandes áreas destruídas pelas enchentes causadas pelo furacão - que arrasaram cerca de 80% da cidade - permanecem abandonadas.

Enquanto isso, o prefeito de Nova Orleans, Ray Nagin, criticado na época da passagem do Katrina pela resposta desastrosa de seu governo para ajudar as vítimas do furacão, anunciou que vai deixar a convenção democrata mais cedo para coordenar os preparativos para a chegada do Gustav.

Devastação no Haiti

A sétima tempestade de uma temporada surpreendentemente ativa de furacões no Atlântico ficou por um tempo perto do Haiti, país empobrecido de 9 milhões de pessoas, onde chuvas pesadas são responsáveis por deslizamentos de terra e quedas de árvores.

As chuvas torrenciais do Gustav provocaram inundações e deslizamentos que mataram pelo menos oito pessoas na República Dominicana e 19 no vizinho Haiti , segundo autoridades. Havia previsões de até 620 milímetros de chuvas.

Leia mais sobre Gustav

    Leia tudo sobre: furacão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG