Londrinos protestam contra leis antiálcool com piquenique

Um grupo britânico que se opõe às leis que restringem o consumo de bebida alcoólica em espaços públicos organizou um piquenique de protesto no Hyde Park, em Londres, nesta segunda-feira, feriado britânico. A entidade, conhecida como Manifesto Club, se diz contrária ao uso excessivo de leis paternalistas para controlar áreas públicas e quer retomar os espaços comunitários.

BBC Brasil |

"Desfrute de uma bebida no parque - e adote uma posição contra a crescente regulamentação do espaço público", convida o grupo em seu site.

Segundo o Manifesto Club, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas foi imposta em 613 áreas públicas na Grã-Bretanha. Mas a entidade diz que o problema não afeta apenas os britânicos.

Países como Nova Zelândia, Austrália e Estados Unidos também vêm adotando legislação que restringe o consumo de álcool em áreas públicas.

Transportes
O grupo também criticou a proibição ao consumo de álcool em toda a rede de transportes públicos em Londres, que entrou em vigor em junho.

Durante o Provocation Picnic Against the Booze Bans - em tradução livre, Piquenique de Provocação contra as Proibições à Bebida - os organizadores vão divulgar um relatório mostrando como vem aumentando, nos últimos anos, o número de áreas em que o álcool é proibido.

"Acreditamos que o espaço público deve ser exatamente isto - um lugar onde podemos estar juntos como um povo", declara o grupo.

A entidade acrescenta que também se opõe à medida "puritana" que impede a venda de álcool para menores de 21 anos na Grã-Bretanha.

James Panton, do Manifesto Club, disse: "Estas (proibições) foram introduzidas sem grande debate público e sem grandes discussões públicas, não como resultado de reivindicação pública mas, na verdade, por administrações regionais burocráticas demais e que têm medo de que as pessoas se reúnam."
O grupo disse que seus membros compareceram à festa realizada no metrô londrino na vespera da entrada em vigor da lei que proíbe o consumo de álcool em transportes públicos.

Um porta-voz do Ministério do Interior britânico disse: "Nossa política não é proibir completamente o consumo de bebida alcoólica em espaços públicos, mas garantir que a polícia e as autoridades locais tenham os instrumentos e poderes de que precisam para lidar com a bebida em público onde ela é problemática e onde traz incômodos à comunidade local."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG