Londres registra primeira morte por gripe suína

Um jovem de 19 anos foi confirmado nesta sexta-feira como a primeira vítima da gripe suína na capital da Grã-Bretanha, Londres. O homem, que morava no sul da cidade, tinha um histórico de problemas de saúde e morreu no hospital do bairro de Lewisham.

BBC Brasil |

As autoridades não devem divulgar mais informações sobre a vítima.

A morte do jovem é o quarto caso fatal de gripe suína no país.

O médico Simon Tanner, responsável do sistema público de saúde (NHS) para a capital britânica, disse que Londres registrou um "pico" de casos da gripe na semana passada, quando os números subiram "todos os dias".

A capital já é a segunda região mais afetada no país, com mais de 1,9 mil casos, atrás apenas de West Midlands, no oeste da Inglaterra, que registra mais de 2,5 mil casos.

Alerta contra remédios da internet
Apesar da primeira morte e do aumento acentuado de casos na capital, as autoridades alertaram o público contra o pânico e compra de remédios antigripais falsificados na internet.

As autoridades sanitárias afirmam ainda que a Grã-Bretanha passou da fase de "contenção do vírus" para a fase de "tratamento".

Especialistas afirmam que o número de novos casos na Grã-Bretanha pode bater os 100 mil por dia até o fim de julho.

A escocesa Jacqui Fleming, de 38 anos, foi a primeira a morrer do vírus no país. Em seguida, um outro morador da Escócia, de 73 anos, morreu.

Até o momento, a vítima mais jovem foi Sameerah Ahmad, da cidade de Birmingham, com apenas seis anos. Todos os mortos tinham a saúde abalada por outros problemas.

O primeiro caso confirmado do vírus na Grã-Bretanha foi registrado em abril.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG