Londres pede fim das hostilidades e início de negociações de paz

O ministro de Exteriores britânico, David Miliband, pediu neste sábado que os Governos da Rússia e da Geórgia parem os combates e comecem negociações de paz o mais rápido possível.

EFE |

Em comunicado, Miliband, que está em conversas com ministros na Europa e nos Estados Unidos, anunciou que enviará à Geórgia o representante britânico para o Cáucaso Sul, Brian Fall, como parte da missão da União Européia (UE) e da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

O ministro disse que o Governo britânico está "profundamente preocupado" com a violência na Geórgia, e disse que a escalada dos combates é "perigosamente desestabilizadora" e há risco de baixas civis em grande escala.

As notícias de combates e bombardeios fora da Ossétia do Sul são especialmente preocupantes, porque indicam uma extensão do conflito, afirmou.

"O Reino Unido analisará com todos seus parceiros como deter a propagação da violência, garantir um cessar-fogo e impulsionar as negociações", disse Miliband na nota.

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG