Londres destaca impulso das relações entre R.Unido e Paquistão com Musharraf

Londres, 18 ago (EFE).- O Governo britânico destacou hoje a melhora das relações entre Reino Unido e Paquistão sob o mandato de Pervez Musharraf, mas ressaltou que os vínculos entre os dois países não dependem da figura do presidente do Paquistão, que anunciou hoje sua renúncia.

EFE |

"Durante o poder do presidente Musharraf, vimos um aprofundamento das relações entre o Reino Unido e o Paquistão. Desejamos o melhor para o futuro", disse hoje um porta-voz do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

"No entanto, as relações entre o Reino Unido e o Paquistão não dependem de indivíduos", esclareceu a fonte, em comunicado.

"Apoiamos medidas que impulsionem instituições democráticas fortes que levem a uma maior estabilidade, à democracia e ao império da lei no Paquistão".

O presidente do Comitê de Assuntos Exteriores da Câmara dos Comuns, Mike Gapes, comemorou hoje a decisão de Musharraf e expressou o desejo de que a situação no Paquistão melhore.

Musharraf anunciou hoje sua renúncia em discurso à nação e, com isso, saiu à margem da tentativa do Governo por iniciar um processo de destituição contra o chefe de Estado, cujo início estava previsto para esta semana.

O presidente assumira o poder no Paquistão em outubro de 1999, após um golpe de Estado contra o Governo de Nawaz Sharif, atual líder da PML-N, partido que hoje é um dos membros do atual Executivo. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG